Menu

Vegaz.

Abriram-se as cartas, e delas veio a surpresa. Caras novas, som novo, e o bom e velho rock gaúcho. Podem até falar que eu sou bairrista ou regionalista, e eu só posso responder que tenho um contato muito maior com o pessoal daqui, portanto conheço mais bandas daqui, e consigo falar, com propriedade, do som deles, simples assim.

A Vegaz, me trouxe uma nova proposta auditiva e visual. Um vocal feminino melódico, sem gritos e elevações que irritam os ouvidos, Vane Kreuz, uma loirinha simpática que realmente sabe se impor com a voz cantando sem gritaria.

Mas, não foi só isso que me chamou a atenção na banda gaúcha, qualidade e determinação marcam muito o trabalho do quarteto. Ao contrário das bandas de pseudo-rock que surgem as pilhas por ai, colando seu primeiro, e prematuro, som de forma apressada, querendo logo mostrar a cara, a Vegaz se voltou a ela mesma. Concentrados durante quase um ano, trabalhando, produzindo e aperfeiçoando, compuseram cerca de 30 faixas, pra escolher juntamente com sua produção, as melhores. A banda se lançou pronta, pois não teve pressa, soube trabalhar e preparar-se para trazer o seu melhor. E sim, o melhor.

No cenário brasileiro, o termo ‘banda nova’ vem acompanhado de um rótulo colorido, com pouco sentido e pré-conceitos. Esqueça isso, a Vegaz é rock. Misturando influências de Paramore e Fall Out Boy, a gauchada vem com o intuito de inovar, incorporando ao peso referências de hip-hop, como scratches e beat box.

Segundo o jornalista Maurício Carvalho, que escreveu o release do myspace da banda, ‘Além do trabalho apurado no CD, a Vegaz tem uma grande preocupação em fazer um show diferenciado, com grande apuro visual. Para isso cenários, jogos de luzes e coreografias preenchem as canções e aumentam a percepção das faixas para o público, que vai se sentir dentro de um vídeo clipe nas apresentações’. Posso dizer? Isso promete espetáculo, e eu estou curiosíssima pra ver isso tudo!

A formação conta com:

- Vane Kreuz, nos vocais;

- Peixoto, guitarra, vocais e queridinho das gurias;

- Marcelo, guitarra;

- Edu Ávila, baixo;

- Nando Pellegrini, bateria.

O myspace da Vegaz é lindo, e traz cinco músicas, entre elas ‘Mexicana’, que foi a que eu mais curti e que me impressionou logo de cara. ‘Caso Raro’ a faixa que traz mais referências ao hip-hop. ‘Revanche’, essa traz o peso da guitarra, o que é poesia pra mim, e o vocal da Vane sempre perfeito. ‘Cada Instante sem Você’ tem a letra apaixonante e meio baladinha. E a última, mas não com menos qualidade, ‘Denovo Então’ tem uma sonoridade toda encaixada, puxando pra balada, mas com peso. Resumo de tudo: som encantador.



Te faço um convite, bora ouvir Vegaz? Se tu tem receio de ouvir uma música cheia de sotaque, relaxa e ouve, depois me conta.



Myspace: http://www.myspace.com/vegazoficial

Formspring: http://www.formspring.me/vegazoficial

Twitter: http://twitter.com/vegazoficial

Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=95823130

Fotolog: http://www.fotolog.com.br/vegazoficial



Contato:
palcosete@gmail.com
Fone: (51) 8561-5561
'Você me diz que ser feliz é um caso raro, e isso me faz acreditar que estou errada.'

2 comentários:

Bruno Aranguiz disse...

Aewww! Muitoo bom o Post Luu, Banda tri boa, recomendo, 10 músicas que vão sair no CD, 10 preciosidades! :D

Paloma Peglow disse...

conheci esta banda,a esses dias,muito tri tche o som,som novo,diferente e muito,mas muito melhor que essas bandinhas novas " coloridas " que fazem um som nada a ver com uma voz que não há presença.. *-*

Postar um comentário